Quinta, 04 Abril 2019 16:41

Quatro motivos que tornam o Teatro Carlos Gomes singular para a cultura catarinense

Quatro motivos que tornam o Teatro Carlos Gomes singular para a cultura catarinense Michele Lamin

Apesar de ser conhecido como Teatro Carlos Gomes, seu nome é Sociedade Dramático Musical Carlos Gomes. Ponto de encontro e convergência cultural, é um dos cartões postais de Blumenau. Desde a fundação em 1860, foi e continua sendo palco de grandes eventos e revelação de talentos. Uma trajetória de encher os olhos que ainda marca a vida de muitos catarinenses. É um dos maiores ícones culturais de Santa Catarina, e além de receber eventos sociais, culturais e corporativos, ainda é sede de três escolas, de música, teatro e dança, transformando arte e cultura também em aprendizado. Em celebração ao Dia Mundial do Teatro (27/3), relembramos e contamos um pouco mais sobre essa casa que tem um papel tão relevante na cultura e arte catarinense.

Palco giratório: além de uma grande caixa cênica e o fosso de orquestra, um dos grandes destaques no Teatro Carlos Gomes é o palco giratório. Com 12 metros de diâmetro, é uma inovação que ainda hoje é prerrogativa de poucos teatros brasileiros. Existem apenas entre quatro e cinco palcos giratórios em todo o Brasil, e nem todos funcionam. Hoje também já se usam outras tecnologias. Mas, como o Teatro Carlos Gomes é um prédio tombado pelo patrimônio histórico, essa característica peculiar e singular foi mantida. Inaugurado no dia 5 de dezembro de 1942, o palco inicialmente funcionava à mão, onde era preciso no mínimo seis pessoas para fazê-lo girar. Anos depois, Heinz Holetz alterou o uso para mecanicamente através de um pequeno motor, o qual continua até hoje.

Biblioteca de música: Com a trajetória no ensino iniciada em 1949 através da criação do Conservatório Curt Hering, e hoje com mais de 20 cursos, a Escola de Música do Teatro Carlos Gomes possui uma das poucas bibliotecas no Estado que é dedicada exclusivamente à música. Um espaço que além de muito aprendizado, guarda também muitas memórias. Seja para quem estuda música ou apenas é curioso sobre as artes.  São cerca de 12 mil volumes, entre livros, partituras, métodos, revistas, jornais, dicionários, discos de vinil, CDs e DVDs, que estão à disposição para empréstimo aos alunos. A comunidade externa também pode visitar e realizar consulta no local. Ainda é possível conhecer uma exposição de instrumentos antigos e históricos como o Krumhorn, a Cornamusa, a Bombarda e o Dulcien. O atendimento ao público é de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Estudo internacional: a Pró-Dança de Blumenau, além de uma equipe com profissionais dos mais diversos gêneros com premiações e estudos nacionais e internacionais, também oferece para os alunos opções de aprendizado e experiências que vão além das portas da escola, com sede no Teatro Carlos Gomes. São oportunidades de imersões de estudo em Nova York, Los Angeles e Londres. Algumas das turmas de Sapateado, por exemplo, nos últimos quatro anos puderam participar do Festival “Tap City”, frequentando aulas com os melhores professores do mundo no gênero, aulas avulsas nas melhores escolas da cidade, e se apresentando no Teatro na Broadway e na Times Square.

Reconhecimento nacional: a escola Carona de Teatro, também com sede no Carlos Gomes, é guiada por profissionais de uma das companhias teatrais mais reconhecidas em todo o Brasil. Uma bagagem que, além de muitas histórias e roteiros, tem ainda premiações e reconhecimento. A Cia Carona, composta por cinco integrantes que são professores na escola, está há 24 anos na estrada e já percorreu o país com peças que envolvem tanto por seus conteúdos quanto pela força da atuação. Ao longo dessas duas décadas também já revelou grandes talentos da arte cênica, muitos inclusive reconhecidos pelos trabalhos em grandes emissoras de TV. Além das aulas de atuação já conhecidas, possui turmas de palhaçaria (clown).

 

Texto: Camila Tibes - Oficina das Palavras 

Aconteceu

Teatro Carlos Gomes © 2015. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Brava Propaganda e Spezzi.