Quarta, 21 Setembro 2016 10:38

Examinador da Royal Academy of Dance, de Londres, estará no Teatro Carlos Gomes

Entre os dias 27 e 28 de setembro, alunos do Pró-Dança Blumenau poderão testar seu desempenho na dança com um profissional da maior instituição do mundo em exames e certificação da área. Durante dois dias, o professor e examinador da Royal Academy of Dance, de Londres, Anthony Croome, vai analisar a performance de 12 alunas do Pró-Dança e cerca de 25 bailarinas da Escola de Artes de Chapecó, no Teatro Carlos Gomes.

            Entre os quesitos considerados estarão o desenvolvimento técnico e artístico do bailarino. “As provas compreendem exercícios de barra e centro, sequências de exercícios e pequenas danças pré-estabelecidas. No intuito de formar bailarinos versáteis e ecléticos, os exames compreendem três partes: ballet clássico, dança caráter e free movement. Dessa forma, os bailarinos estudam ballet clássico tradicional, danças folclóricas acadêmicas e elementos de dança contemporânea. Cada nível, de exames infanto-juvenis até profissionais, tem seu grau de complexidade proporcional à faixa etária e anos de estudos”, explica a mentora e supervisora de ensino da Royal Academy of Dance no Brasil, Maria Beatriz Niemeyer.

            Além dos ensaios de rotina, os alunos e professores se preparam cerca de 4 meses especialmente para os exames. Os educadores credenciados precisam participar de seminários de formação continuada onde se atualizam sobre os conteúdos das provas, o que garante a uniformidade na forma geral de ensino e um bom desempenho nos dias dos exames. No Pró-Dança, atualmente, são duas professoras credenciadas. “O sistema de treinamento e provas da Royal são os mais abrangentes, estando presente em quase 90 países. A academia inglesa tem quase 100 anos de experiência. A visita anual de um examinador tende a impedir a acomodação ou o risco de perda na qualidade de ensino. Já para os alunos, os certificados são essenciais para o currículo, principalmente para quem pretende trabalhar com dança”, finaliza Maria Beatriz.

            A certificação internacional em Ballet é um diferencial que apenas três escolas em Santa Catarina oferecem. No Brasil todo, são cerca de 150 escolas credenciadas e quase dois mil candidatos que prestam provas anualmente. Esta é a 24ª vez consecutiva que o Pró-Dança recebe um examinador da Royal Academy of Dance.

 

Texto: Camila Tibes 

 

 

Aconteceu

Teatro Carlos Gomes © 2015. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Brava Propaganda e Spezzi.